Sexta-feira 13 – De onde vem o medo?

Sexta-feira 13 -marketing-lmco, marketing, publicidade, agência de marketing, agência de publicidade blumenau, blumenau, oktober, oktoberfest

Pessoas mais supersticiosas evitam até sair de casa, fechar negócios ou tomar qualquer decisão importante em sextas-feiras 13.

As superstições aparecem como explicação para muitos fatos que desconhecemos, a sexta-feira 13 é apontada como um dia de infortúnio e má sorte. Diversas lendas e crendices rondam essa data e assombram as pessoas que acreditam em destino e pressentimentos.

A origem da Sexta-feira 13 pode estar relacionada à Bíblia ou a lendas da mitologia nórdica.

A informação do relato bíblico da Última Ceia, quando havia 13 pessoas à mesa, na véspera da crucificação de Cristo – que aconteceu numa sexta-feira. E também no Antigo Testamento Judaico, a sexta-feira já era um dia problemático desde os primeiros seres humanos. Eva teria oferecido a maçã a Adão numa sexta-feira e o grande dilúvio teria começado no mesmo dia da semana.

Outra explicação diz que o rei Felipe IV da França se sentia ameaçado pelo poder da Igreja, e para mudar a situação, ele teria tentado se filiar à ordem religiosa dos Cavaleiros Templários, mas sua entrada teria sido negada. Depois disso, ele passou a perseguir os templários numa sexta-feira, dia 13 de outubro de 1307.

Já na mitologia nórdica a crendice vem de duas lendas. De acordo com uma delas, houve, no Valhalla – a morada celestial das divindades -, um banquete para 12 convidados. Onde Loki, espírito do mal e da discórdia, apareceu sem ser chamado e armou uma briga em que morreu Balder, o favorito dos deuses. Instituiu-se, então, a superstição de que convidar 13 pessoas para jantar era desgraça na certa e esse número ficou marcado como símbolo do azar.

A segunda lenda é protagonizada pela deusa do amor e da beleza, Friga, cujo nome deu origem às palavras friadagr e friday, “sexta-feira” em escandinavo e inglês respectivamente. Quando as tribos nórdicas se converteram ao cristianismo, a personagem foi transformada em uma bruxa exilada no alto de uma montanha.

Para se vingar, Friga passou a reunir-se, todas as sextas-feiras, com outras 11 feiticeiras, mais o próprio Satanás, num total de 13 participantes, para rogar pragas sobre a humanidade. Da Escandinávia, a superstição espalhou-se por toda a Europa.

Existem várias explicações sobre a origem da sexta-feira 13. É difícil saber qual é a correta, ou se todas estão corretas. A única coisa que sabemos é que essa data permanece relacionada a maldições e assombrações.

Mas, para aliviar a situação, os princípios da numerologia apontam o número treze como um forte indício de boa sorte. E para os místicos este dia está associado à evolução de todo ser e também é um dos dias mais poderosos, pois o numero 13 somado é igual a 4 ( 1+3=4 ) e o numero 4 significa o tudo existente, os quatro elementos, água, fogo, terra e ar.

Agora é você quem deve decidir se o 13 é sinal de sorte ou de azar!

Bom é isso, fiquem com Deus e tenham uma ótima Sexta-feira 13.

 

Fontes: Mundo Estranho, Sitedecuriosidades

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.