A migração do comércio físico para o digital

Migrar para E-commerce é uma necessidade que atinge Empresas de todos os portes. Durante a Pandemia tivemos exemplos do quanto isso é fundamental para a sobrevivência de um negócio, afinal, até mesmo grandes marcas foram impactadas.

Um dos motivos para muitos varejistas não estarem presentes na internet é a crença de que migrar para lá é complexo e tem altos custos, mas os projetos de inovação não precisam ser complicados. Existem diversos recursos para facilitar esse processo.

Não adianta apenas colocar produtos para vendas online. O principal é ter um planejamento para definir estratégias e a melhor forma de estar presente na internet.

Alguns criam sua Loja Virtual do zero, mas isso é algo que depende da realidade da Empresa, muitas vezes o caminho mais prático e rápido é migrar para algum Marketplace. Ele funciona como uma grande vitrine para o lojista vender utilizando a plataforma de um terceiro.

O mais importante é utilizar ferramentas que permitam uma migração sem problemas para a negociação final. Então, precisamos pensar em escala ao montar o seu e-commerce para atender várias demandas.

Faça uma pesquisa dos concorrentes:

– Quem são: dentro do seu segmento de atuação, descubra quem concorre direta e indiretamente com você;

– Como fazem: pesquise como é o site e o E-commerce deles, as redes sociais, os canais de atendimento, preços e condições de pagamento, como é a entrega, se há reclamações de clientes e etc;

– Pontos fortes X fracos: em cada concorrente, liste quais aspectos do negócio dele são pontos fortes e quais são os fracos.

 

Defina a sua estratégia digital:

– Defina os canais digitais que você irá utilizar: avalie se você terá somente uma Loja Virtual para E-commerce ou se também é importante ter um Site e estar nas redes sociais para aumentar as chances de fazer negócios;

– Use o que aprendeu na concorrência: tente aplicar nos seus canais o que a concorrência faz bem, encontrando o seu diferencial, sem descuidar dos aspectos em que ela é fraca para não repetir os mesmos erros;

 

Busque como fazer o seu atendimento:

– Defina como atender demandas nos canais digitais – é como ter uma loja física: as pessoas tem acesso a vitrine, se interessam, entram e, eventualmente, perguntam e esperam ser atendidas rapidamente e bem. E essa vitrine precisa ser renovada constantemente. Se não, as pessoas vão para o concorrente, que está a um clique de você.

– Telefone, celular, chats, WhatsApp, posts – cada canal digital permite que as pessoas se comuniquem de diversas formas, seja postando nas suas redes sociais da sua Empresa ou enviando mensagens instantâneas. Em todos esses meios de comunicação é possível automatizar o atendimento inicial para resolver no primeiro contato.

 

Utilize o Marketing Digital!

– Crie conteúdo: outra forma de as pessoas encontrarem a sua empresa é publicando nos canais digitais dela conteúdos que respondam questões e dores do seu público relacionadas à atividade do seu negócio. Assim, quando elas buscam respostas nos mecanismos de busca para essas questões, há uma boa chance de elas encontrarem o que a sua empresa publicou a respeito e acessarem os canais digitais dela.

– Estruture anúncios: não dá para esperar pacientemente as pessoas encontrarem o seu  E-commerce ou o perfil da sua empresa no Instagram ou em qualquer outra rede social, se interessar e querer fazer negócio. Então, estruture campanhas pagas nas redes sociais e no próprio Google para gerar tráfego para o seu e-commerce ou outros canais digitais.

Invista em E-Commerce!

O comércio digital veio para ficar! Agora que o público descobriu a praticidade de comprar pelo seu computador, celular ou tablet e receber no conforto do seu lar não quer mais saber de outra coisa.

Claro que existem os que preferem ir presencialmente, tocar, sentir o produto antes de comprar, mas para esses, deve-se investir em Marketing, ON e OFF.

Quer saber como migrar para o E-commerce e como manter suas vendas à mil? A LMCO pode te ajudar com isso. Entre em contato e saiba mais!

Acompanhe nosso  Facebook, LinkedIn, Twitter e Instagram! 

Confira o  BLOG sobre Eco Marketing clicando AQUI!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.